Uilização de sistema EDI em montadoras de veículos

Atualmente, a tecnologia em sistema EDI é mais utilizada em empresas montadoras de veículos. Mas, e no seu caso? Há espaço para utilização deste tipo de sistema na sua empresa?

As empresas montadoras de veículo, utilizam a comunicação interempresarial com seus parceiros comerciais, para otimizar a produção ou montagem dos veículos. Para isto, são utilizados recursos e processos para controle e recepção de matéria prima para fabricação de seus produtos.

No que tange a utilização de sistema EDI no mercado automotivo, é mais aplicado na regulação de entrada e saídas de caminhos por meio do ASN (aviso de embarque). Neste caso, os fornecedores (parceiros comerciais) realizam a produção dos materiais por meio do controle de programações de entrega.

Análise do fluxo de operações interempresariais com sistema EDI

A melhoria dos fluxos de operações de produção, pode resultar em maiores controles e rendimentos para a empresa. Para isto, ter um sistema no qual pode-se identificar corretamente as programações de entrega, facilita a vida do operador.

Para isto, o sistema EDI mais adequado ao processo, deverá disponibilizar informações suficientes para que os colaboradores e analistas de negócios, possam identificar melhorias no processo de transações.

Estar no controle das entregas com montadoras de veículos e dentre outros parceiros comerciais, facilitará a identificação destas melhorias. A utilização e mensuração dos dados dispostos pelo sistema, auxiliará na avaliação e análise deste fluxo de operações.

Além disto, monitorar o recebimento dos dados pelos parceiros comerciais, se faz necessário para manutenção do processo. Ao ocorrer alguma falha no processo de entrega, seria ideal ter uma equipe a sua disposição para que possa suprir ou corrigir a demanda no instante que ocorrer.

Neste caso, a Diativa dispõe de uma equipe de suporte técnico especializada no atendimento direto com áreas de negócio, TI e logística da empresa. Saiba mais sobre a equipe da Diativa!

Sistema EDI para Portos e transportadores logisticos.

Dentre vários segmentos de mercado, as áreas que mais utilizam da comunicação de sistema EDI são portos e transportadores logisticos. Visto a necessidade de automação no transporte de dados e otimização de tempo, se faz necessário a integridade no intercâmbio de informações para consistência da cadeia de suprimentos.

Para manter a integridade das informações que são trafegadas entre os envolvidos na cadeia de suprimentos logistica, há necessidade de manutenção de alguns fatores:

  • O operador ou auxiliar de logistica deve manter a consistência dos dados digitados.
  • A TI deve manter o sistema TMS e WMS ativo e funcional sem falhas de comunicação.
  • A utilização de integrações B2B e Webservice devem estar consistentes, evitando erros de integração.

Além destes processos, o manuseio das informações (por meio de digitação) pode ser automatizado através da integração por meio de um sistema EDI.

Utilização de programas de EDI para automações interempresariais

Adentrar a um processo de automação interempresarial, envolverá o controle de processos em ambas áreas de negócio das empresas. Identificando um processo que pode ser automatizado, a empresa poderá viabilizar a utilização de uma integração.

Após a validação interna da possibilidade de uma integração, pode-se então verificar a possibilidade de realizar a implementação de EDI.

A Diativa trabalha com vários tipos de integração, veja abaixo alguns dos processos que podem ser automatizados:

  1. Integração de NF-e de recebimento;
  2. Integração de EDI e encaminhamentos utilizando softwares de VAN;
  3. Utilização de sistema EDI para automações interempresariais de cobrança de fretes;
  4. Integrações EDI com parceiros comerciais de montadoras de veículos;
  5. Utilização de EDI com fornecedores de matéria prima para produções;
  6. Controle de programações de recebimento através de diversos protocolos EDI.

Padrões utilizados pelo sistema de integração EDI.

Dentre as opções de integração edi, constam diversos tipos de padrões internacionais estabelecidos para utilização pelas corporações que aderem a esse tipo de comunicação.

Um dos padrões mais reconhecidos é o PROCEDA, ele é utilizado por maior parte das empresas de transporte para o tráfego e intercâmbio de informações.

Os principais tipos de mensagens relacionados a padrão proceda edi são: NOTFIS, OCOREN, CONEMB, DOCCOB e PREFAT.

Cada modelo da layout EDI abarca um tipo de comunicação especifico do processo logístico.

Para adequação dessa comunicação se faz necessário um sistema EDI capaz de transformar as informações de recebimento e envio, ou seja, integrar os sistemas ERP, WMS ou TMS da empresa de modo a automatizar as informações.

Se você deseja maiores informações sobre a utilização de um sistema EDI ou se deseja obter um orçamento, clique aqui!